Designer: você registra as marcas que cria ou gosta de perder dinheiro?

Designer: você registra as marcas que cria ou gosta de perder dinheiro?

As vezes é bom explicar o óbvio, afinal, o que é óbvio pra uma pessoa pode não ser para outra, um amigo me ensinou isso.

Então vamos começar do princípio:

Um designer cria “designs” e, nesse universo, seu “arroz com feijão” é criar logotipos, certo?

Todo logotipo criado deveria ser registrado, afinal, é uma marca, mas isso é responsabilidade do cliente, do contratante.

Entretanto, o designer pode recomendar o registro e ter um escritório parceiro para fazer os registros, aliás isso é o ideal, afinal você completa o ciclo da marca quando facilita ao cliente que ele registre ela no INPI.

O que eu não consigo entender é designer que diz que não indica porque isso “está fora” do trabalho dele. Sério?

É como uma pizzaria que não vende bebidas porque o “foco” dela é fazer a melhor pizza do mundo, mas se quiser um chopp ou uma Coca-Cola você tem que “se virar” pra achar, comprar, etc.

É como uma loja de carros que não oferece seguro do carro, como uma loja que não tem frete:

  • A gente vende a geladeira, mas carregar é problema teu, te vira!

Entendo que alguns tem medo do resultado, afinal, se a marca for indeferida (negada pelo INPI) isso é um problema pra ele.

Não, péra!!! Se você não fez o naming não é problema seu gafanhoto!

E ainda dá pra vender o processo de naming na próxima vez!

Mas claro, se você fez o naming é sua responsabilidade entregar uma marca registrável, mas são poucos escritórios de design ou designers freelancers que fazem naming (Pronto! Tá aí outra parceria pra vc, com alguma empresa que faça naming!!!).

Mas não fui eu que criei o logotipo, eu estou fazendo outro job pro cliente…

E daí? Se agora ele é seu cliente, ofereça o trabalho pra ele, vai te custar o que? Uma msg no whatsapp ou um e-mail, só isso.

O cliente diz que já tem registro, eu só fiz o redesign da marca.

Sabia que se o cliente mudou o logotipo (redesign) ele precisa fazer um novo registro no INPI?

Olha o $ aí!!!

E, além disso, se ele tem um logotipo registrado, mas passou a usar outro, pode perder o registro da marca?

Daí voltamos ao título do post, se você é designer e não oferece ao seu cliente o registro de marca, está perdendo dinheiro! Não importa se você só fez um cartão de visitas, um menu, um flyer ou um redesign completo da identidade visual do cliente, é cliente, não tem registro (ou tá com o registro desatualizado) é dinheiro na mão!

Nós temos um programa de afiliados que paga uma excelente comissão, fale com a gente!

Mas claro, se você prefere continuar perdendo dinheiro, traqnquilo, vida que segue, boa sorte pra você. Eu já ouvi dizer que dinheiro não traz felicidade…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *