Posts Tagged 'marca forte'

É só mudar uma letrinha e pronto!

Uma das maiores BOBAGENS que eu tenho ouvido ao longo dos anos em que trabalho com registro de marcas é:

– Registrar é bobagem,  se alguém quiser copiar é só mudar uma letrinha e pronto!

Essa “lenda” é de uma ESTUPIDEZ tão grande que poderia ser parte de um quadro humorístico, talvez daí tivesse alguma graça… Então vamos esclarecer as coisas:

– Marca FORTE é aquela que, pela suas características fonéticas e/ou visuais é dotada de grande EXCLUSIVIDADE, tornando a concorrência parasitária praticamente impossível;

– Marca FRACA é aquela que, pelas mesmas características, permite concorrência parasitária.

Quer uma “tradução”? Vamos lá:

Coca-Cola é uma marca fraca, pelo menos em parte.

Ficou surpreso? Então pense comigo:

–  Quantos refrigeirantes existem só no Brasil com a expressão “cola”?

Fiz uma rápida pesquisa no INPI e apareceram 745 processos com a palavra “cola”, claro que muitos deles são da Coca-Cola, mas que tal uma McCola?

Sim, o McDonald´s tem um registro dessa marca, provavelmente uma garantia para o caso da Coca-Cola apertar o calo deles, daí colocam a McCola no mercado… Veja outras marcas que têm REGISTRO:

  • MAX-COLA     Marca Registrada     BEBIDAS MAX WILHELM LTDA
  • CITRUS-COLA     Marca Registrada  TASTY AROMAS E SABORES LTDA
  • MCCOLA     Marca Registrada     McDONALD’S INTERNATIONAL PROPERTY COMPANY, LTD.
  • TROPI COLA     Marca Registrada     CERVEJARIA MALTA LTDA
  • AFRI-COLA     Marca Registrada     ACB MARKEN GMBH
  • ITU-COLA     Marca Registrada     PRIMO SCHINCARIOL IND. DE CERVEJAS E REFRIGERANTES S/A
  • TRI-COLA     Marca Registrada     IRMAOS PARAZZI LIMITADA
  • ROYAL COLA     Marca Registrada     COTT BEVERAGES INC.
  • BRAHMA COLA     Marca Registrada     COMPANHIA CERVEJARIA BRAHMA
  • MATE COLA     Marca Registrada     INDUSTRIA E COMERCIO MATE COLA LTDA

Veja algumas marcas que foram extintas por falta de renovação (*):

  • FRUTICOLA     Marca Arquivada     Extinto
  • CAFE-COLA     Marca Arquivada     Extinto
  • RIO COLA     Marca Arquivada     Extinto
  • KEEP COLA     Marca Arquivada     Extinto

* Não estou garantindo que elas estão livres, teria que ser feito um outro tipo de pesquisa para se ter certeza da viabilidade, mas essas marcas já estiveram registradas, portanto, o INPI considerou que não conflitavam com a Coca-Cola.

E porque isso acontece????

Porque  são nomes dados para refrigeirantes à base de cola, portanto, COLA é um ingrediente necessário e comum neste segmento, daí a marca fica enfraquecida.

Querem um exemplo bem fraquinho?  Big Cola.

Big é grande, Cola é ingrediente, então que raio de exclusividade você queria que essa marca tivesse??? Nenhum, é óbvio. Então, como todos os elementos da marca são fracos e sem exclusividade, podemos ter várias “Big-Cola” registradas em nome de empresas diferentes.

Agora, também é muita estupidez imaginar que seria possível registrar uma “Koka-Cola” porque nesse caso há uma colidência fonética direta, mas qualquer outra coisa (ainda não registrada) + “cola” é possível sim.

Agora vamos falar de marcas FORTES.

Você consegue imaginar a possibilidade de concorrência parasitária (no mesmo segmento) com a marca Google? Yahoo? Twitter?

Agora vamos nos concentrar nas marcas mais populares dessa pequena lista:

Google – a força da marca Google é tanta que originou o verbo “googlar”…

– Fulano, pesquisa aí “tal coisa”!

– Já estou “googlando”!

E o Twitter?  Você já fez algum tweet hoje? Re-tweet?

Quer um exemplo nacional? Um exemplo de marca com características VISUAIS que a tornam única? A marca criada pela Tatil para as Olimpíadas de 2016.

Marcas FORTES  não permitem que você mude uma “letrinha” e tudo bem… só as marcas fracas permitem isso.  Marcas fortes são forjadas em aço, como as melhores espadas.

São inconfundíveis e inimitáveis.

Marcas (muito) fracas podem ser copiadas integralmente, não precisa mudar nenhuma letrinha, mas se tentar algo assim com uma marca forte, prepare-se para chuvas e trovoadas, processos, indenização, etc.

Usem esses exemplos na hora de vender para seus clientes o trabalho de “naming” que é uma arte, uma mistura de ciencias ocultas, sorte, muito conhecimento técnico e vastos conhecimentos gerais (história, artes, cinema, etc.). É a arte de se criar uma marca (nome) e administrar isso.

Pequenas Empresas (PME´s) podem (e devem) ter marcas FORTES. A Força a que me refiro neste artigo não está relacionada com a capacidade financeira mas sim com a CRIATIVIDADE.

Agora eu vou tomar uma McCola, tchau!

2
Page 1 of 2 12