Artigos

Comments

  1. Zé Luiz Gozzo Sb.  January 13, 2012

    Olá Rudinei,

    A Figura do Ziraldo para o público em geral, está lado a lado com a de Mauricio de Sousa, como desenhistas brasileiros que obtiveram sucesso comercial. "Walt Disney brasileiro" como a maior parte do povo que não é do meio gosta de rotular.

    No entanto a "cultura da derrota" também faz parte da tradição brasileira que não vê com bons olhos o sucesso de outrem.

    Portanto existem os anti-Ziraldo, como os anti-Mauricio, anti-Saldanha, etc…

    Mas até onde sei, basicamente, o Ziraldo ainda é um ilustrador e escritor, diferente do Mauricio de Sousa que já acumula a função de empresário empreendedor (como sempre fez desde o inicio de sua carreira).

    Nesse caso citado acima, não consigo enxergar qual seria a forma de obter lucro ilícito… Revender uma ilustração? Não faz sentido…

    Me parece mais um negócio mal conduzido pelos seus funcionários no intuito de proteger seus direitos autorais…

    Qual foi a alegação da defesa?

    reply
    • Silvia Zampar  January 13, 2012

      Dando minha modesta opinião, não acho que nada tenha acontecido "sem querer". Até eu, que sou mais ingênua que ele e toda sua equipe, sei bem para que serve o registro de marcas.
      O lucro se daria na forma dele ter que receber por cada edição que ocorre do festival, já que ele seria detentor da marca mista, que envolve nome e ilustração do evento. Não é isso Rudinei?
      Ah, e quero deixar claro que não sou "anti" Ziraldo. Mas sou "anti" falcatruas.

      reply
    • rrm32  January 18, 2012

      Zé Luiz,

      Nesse caso, uma forma de obter lucro seria impedir a realização de um próximo evento, mas INDEPENDENTE da obtenção de lucro ou não, o ato ilícito e anti-ético é o próprio pedido de registro.

      Justificar o contrário é como sequestrar alguém e, só porque não foi feito o pagamento do resgate e você resolveu soltar o refém, dizer que não houve crime.

      Atenciosamente,

      Rudinei Modezejewski

      reply
  2. Rogério  January 13, 2012

    Achei reprovável a atitude do Ziraldo, mas achei a motivação da sentença desmedida. Ora, dizer que é mais reprovável por causa das crianças, não tem nada a ver. Mas também acho que a história do Ziraldo como artista é irretocável, sua luta pela liberdade, seu apoio sério à infância e à juventude e várias outras nobrezas que ele tem. Já o fato de dizer que ninguém vai querer mais contratar o Ziraldo, também é descabido. O cara é um monstro. Eu acho que ele pode ter se confundido, não acredito que essa má fé seja tão fácil de explicar. Vamos ouvir o que ele dirá. Ele é muito mais respeitável que muito ministro da justiça desse país, que se enriquece com dinheiro público e abusa do seu poder prestígio e autoridade. Sem falar nos que vendem sentenças etc etc. Ziraldo é patrimônio brasileiro.

    reply
    • Silvia Zampar  January 13, 2012

      Bom, eu sou da opinião que quanto maior o conhecimento, maior deveria ser a punição: advogados deveriam receber a punição imposta pela lei em dobro, juízes em triplo… Ministros então… Pois com o conhecimento vem também a responsabilidade (e a safadeza = como vemos por aqui).
      E se Ziraldo é “patrimônio brasileiro”, deveria ter responsabilidade e dar exemplo em dobro.

      reply
    • rrm32  January 18, 2012

      Rogério,

      Daí não é uma questão de justiça, mas sim de opinião e NA MINHA OPINIÃO, o juiz foi fantástico, elogiável!

      Sim, acho que alguém que é referencial para as crianças deva ter punição exemplar.

      Não existe a possibilidade de "ter se confundido"… ninguém pede um registro de marca "por acidente"… é um processo chato, burocrático e, ademais, o Ziraldo e sua equipe são obrigados, até pela atividade que excercem, a conhecer os mecanismos de proteção de direito autoral.

      Justificar um erro com outro é tudo que o País não precisa…

      Na minha opinião político que rouba tem que ser preso, se roubar verbas da saúde tem que ser PRISÃO PERPÉTUA, sem direito a exercícios, visitas ou ver a luz do sol, também sem direito a atendimento médico, caso necessite.

      Parece cruel? Desumano? Injusto?

      Pergunte a quem está morrendo nos hospitais ou a quem perdeu amigos, filhos, pais, irmãos, etc… o que eles acham.

      Se todos os juízes e ministros (dos tribunais) considerassem esse critério da relevância do réu nas suas decisões, certamente teríamos um país melhor.

      Atenciosamente,

      Rudinei Modezejewski http://www.e-marcas.com.br

      reply
  3. Roger  January 13, 2012

    Complicado isso! Já ouvi algumas entrevistas dos irmãos Caruso descendo a lenha no Ziraldo. Na época assustei. Achei que fosse exagero, sei lá! Mas parece que uma hora ou outra a coisa aparece. Parabéns pela matéria Rudinei. Sempre aprendendo com você.

    Abs,

    Roger Faria

    reply
    • rrm32  January 18, 2012

      Roger,

      Obrigado pelo comentário… a idéia é ajudar um pouquinho a cada artigo.

      Agora "bora" tweetar! Compartilhar! Curtir!

      Atenciosamente,

      Rudinei Modezejewski http://www.e-marcas.com.br

      reply

Leave a Reply to rrm32
click here to cancel reply